2 Pack

Os maiores humoristas do Brasil (e como estão hoje em dia)

O Brasil é um país conhecido por “fabricar” humoristas como nenhum outro e, sempre que um some da televisão, surge uma curiosidade sobre como estão e por onde andam!

Com grandes nomes do humor vindos de todos os cantos (principalmente do nordeste), os brasileiros sempre podem acompanhar personalidades fazendo piada na televisão, em filmes, no teatro ou no cinema.

Porém, com o passar do tempo, alguns comediantes acabam perdendo espaço e saindo de cena, e é sobre isso que vamos falar neste artigo:

Tom Cavalcante

Conhecido como um dos maiores humoristas e imitadores do Brasil, Tom ficou conhecido interpretando o João Canabrava nos programas de Chico Anysio nos anos 90.

Depois disso, sua carreira atingiu um enorme sucesso, ganhando seu próprio programa na TV Globo e participando de atrações como “Zorra Total” e “Sai de Baixo”.

Depois de se tornar uma grande estrela, o humorista resolveu mudar de casa: ele deixou a Globo e partiu para Record em 2004. Ficou no canal paulista até 2011 e depois disso só voltou para a TV com participações especiais. Atualmente ele tem dois programas no canal fechado Multishow.

Tiririca

Possivelmente o comediante mais lembrado pelos brasileiros, Tiririca ficou famoso na década de 90 com a música “Florentina” e depois em programas na TV Manchete e no SBT.

Depois de várias participações no “Show do Tom”, o humorista se afastou da televisão para entrar para a política.

Reprodução/Horário Político

Em 2010 ele foi eleito deputado federal por São Paulo, ele é o quarto mais votado da história do Brasil.

Em 2015 Tiririca voltou para a TV, no programa “Pânico na Band”, mas o retorno não foi duradouro.

Jô Soares

Conhecido pela nova geração somente como apresentador de talk-show, o apresentador Jô Soares é um dos humoristas de maior história na televisão brasileira. Para se ter uma ideia,

ele começou seu trabalho na TV ainda na década de 60, era roteirista e ator na “Família Trapo”, da TV Record.

Desde então, ele participou de vários programas de comédia em diversos canais, com passagens na Globo e SBT, canal onde ele começou a apresentar programa de entrevistas, no “Jô Soares Onze e Meia”, ainda em 1988. Em 1999, Jô saiu do SBT para assinar novamente com a Globo, canal que permaneceu até 2016.

Atualmente ele está sem trabalho na TV. Sua última aparição na televisão foi em 2018, como comentarista esportivo no Fox Sports.

Os Trapalhões

Tudo bem que não são somente uma pessoa, mas o grupo Os Trapalhões, formado por Didi, Dedé, Mussum e Zacarias nasceu em 1974, na Rede Tupi. Em 1977, migraram para a Globo.

O programa continuou no ar até 1995, mesmo após as mortes de Mussum (1994) e Zacarias (1990).

Zacarias faleceu aos 56 anos após iniciar um processo de emagrecimento a base de remédios, o que enfraqueceu seus pulmões. Mussum morreu com 53 anos, devido complicações após um transplante de coração.

Atualmente, Dedé Santana está sem trabalho fixo na televisão. Mas, desde o fim dos Trapalhões, fez vários programas, como “Dedé e o Comando Maluco” no SBT, “A Turma do Didi” e “Aventuras do Didi”, na Globo e outras participações em programas da Rede Globo e Multishow.

Arquivo/Estadão

Renato Aragão, o Didi Mocó, começou sua carreira em 1960, na TV Ceará. Trabalhou na Tupi, Excelsior, Record e entre 1979 e 2020 foi contratado da Globo, tendo sido peça-chave de dezenas de programas de humor, séries, filmes e especiais.

Atualmente Renato é digital influencer e sua última participação em um programa de TV aconteceu no programa MasterChef, da Band.

Nos dias de hoje, os maiores humoristas são “cria” da internet, alguns do YouTube, outros que migraram para as redes sociais, mas a grande maioria possui alguns desses citados no texto como alguma forma de referência.

Agora se deu bem

O amor é lindo

Corre que as toalhas estão no varal